A Instituição

História

O Padre João Cabeçadas foi o grande impulsionador para a construção deste Centro em 1984 e, após o seu falecimento em 1989, o Padre António Farinha Martins prosseguiu com este magnífico projeto.

Apesar das contribuições generosas de muitos Paroquianos a favor da construção da obra, as dificuldades financeiras persistiram durante uma grande parte do tempo de construção, tendo sido necessários 14 anos para a sua conclusão.

Seguindo os princípios de solidariedade, caridade, fortalecimento do sentido comunitário e apoio aos mais carenciados e, fazendo face às necessidades da Comunidade, em 1988 foi inaugurado um Infantário que acolhia inicialmente 50 crianças, passando rapidamente para 95 crianças, ao fim de dois anos.

Para fortalecer este serviço a Congregação das Irmãs da Misericórdia de Verona abraçou, com o lema da Caridade, este apostolado até hoje, acompanhando o crescimento das crianças já em duas gerações.

Em 1993 nasceu o Serviço de Apoio Domiciliário, dando apoio à comunidade sénior da área geográfica da Paróquia. Posteriormente, foram criados o Centro de Convívio, o Centro de Dia e o Conviver Jovem. Paralelamente, o quadro de pessoal foi sendo alargado no sentido de prestar um serviço de qualidade nas Respostas Sociais.

Atualmente encontram-se em funcionamento cinco Respostas Sociais: Creche, Jardim-de-Infância, Serviço de Apoio Domiciliário, Centro de Dia e Centro de Convívio.

Missão

Tendo como inspiração a Doutrina Social da Igreja, o CSPSPSJE procura estar atento às necessidades mais prementes das pessoas da sua área geográfica, no sentido de promover respostas sociais diversificadas com qualidade profissional, criando simultaneamente uma comunidade de serviço entre Trabalhadores Profissionais, Voluntários e Estagiários, dando testemunho da dimensão da caridade da Igreja Paroquial de S. Pedro e S. João do Estoril.

Visão e Valores

Tendo em conta as directrizes apresentadas pela Doutrina Social da Igreja, o Centro Social Paroquial intervém no sentido de colmatar as necessidades da comunidade a todos os níveis.

Os valores que se destacam na intervenção comunitária deste Centro são os seguintes:

  • Verdade – A vida social exige transparência, honestidade e consequentemente confiança recíproca.
  • Liberdade – O direito ao exercício da liberdade é uma exigência inseparável da dignidade da pessoa humana. No entanto, aquela torna o homem responsável pelos seus actos.
  • Justiça – Vontade constante de dar aos outros o que lhes é devido.

Plano de Acção

O Plano de Acção, constitui um instrumento facilitador para o conhecimento do Candidato, Cliente, Pessoa Significativa ou outrem, dos objectivos que o Centro Social Paroquial de S. Pedro e S. João do Estoril pretende atingir em cada triénio.

Podem encontrar-se os objectivos estratégicos, bem como, os objectivos operacionais, respectivos indicadores e as metas a atingir com os objectivos apresentados. Posteriormente, é apresentado o Plano de Actividades, que perante os objectivos operacionais, apresenta as respectivas acções, o cronograma, os recursos materiais/físicos, financeiros, humanos e o(s) responsável(eis) pelos mesmos.

É de salientar que cada resposta social detém o seu Plano de Acção interno (Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário) ou Projecto Pedagógico por ano lectivo (Creche e Jardim de Infância) que apresenta todos os objectivos adjacentes a cada resposta social e/ou sala, no caso da Creche e Jardim de Infância. Esta documentação encontra-se disponível com acesso a todos os Clientes e seus familiares/pessoas significativas.

Qualquer dúvida que surja poderá ser colocada à Directora Técnica da Resposta Social.

O Significado do Logótipo

O logotipo do Centro Social Paroquial S.Pedro e S.João do Estoril é constituído por um triângulo equilátero amarelo-dourado em que se sobrepõem linhas azuis formando uma casa aberta nas extremidades.O triângulo amarelo dourado corresponde à Santíssima Trindade, a base da Fé Cristã. Segundo este Mistério da Igreja Católica, Deus Pai, Deus Filho e o Divino Espírito Santo, são três Pessoas distintas mas que constituem um Deus Único.

As linhas azuis que formam a casa apresentam aberturas em todas as suas extremidades, simbolizam a transparência, disponibilidade e abertura deste Centro à Comunidade.

As cores representam, o amarelo dourado a luz que vem de Deus e que nos ilumina, o azul da casa o manto de Nossa Senhora.

© Copyright - Centro Social e Paroquial S.Pedro e S.Joao do Estoril
X